Quais as vantagens e desvantagens de uma educação bilíngue?

 
Muitas pessoas perguntam se a educação bilíngue oferece vantagens ou se, ao contrário, traz dificuldades extras às crianças.

Até a década de 1960, a educação bilíngue era mal-vista pelos estudiosos, que defendiam, a partir de testes, a idéia de que aprender dois idiomas ao mesmo tempo causaria confusão e uma diminuição nos resultados dos testes de QI.

Pesquisas recentes apontam para o lado oposto, observando a ampliação das conexões neuronais, numa idade em que há mais plasticidade cerebral. Algumas pesquisas até identificaram aumento de QI, memória e atenção.

Entretanto, sabemos que o QI não reflete inteiramente a inteligência das crianças, ou suas competências. Mesmo que mais testes validem esta tese, ainda não somos capazes de mensurar os resultados a médio e longo prazo. Ou seja, podem se sair bem em testes, mas serão adultos felizes e produtivos?

Na prática, percebemos que cada criança e cada família tem maior ou menor entrosamento com a educação bilíngue.

No Brasil, a maioria das escolas bilíngues alfabetizam em Português. Algumas alfabetizam novamente em Inglês, enquanto outras esperam que as crianças transfiram o que aprenderam do Português para o Inglês.

Cada criança deve ser acompanhada neste processo, para identificar se existe alguma dificuldade específica.

De maneira geral, a escolha da escola deve considerar variáveis bastante abrangentes, como:

· A escola e a família estão alinhadas a respeito de como educar uma criança?;

· A escola fica perto de casa?;

· Os valores estão dentro do orçamento familiar?;

· A família sente confiança no método proposto pela escola?

Especialmente em relação ao bilinguismo, os pais devem se questionar:

· Há necessidade da criança ser bilíngue (possibilidade de mudança de país)? ou

· Estamos querendo que nosso filho saia em vantagem numa “disputa selvagem” no futuro?

Se a decisão por uma escola bilíngue não vier com uma cobrança muito grande em relação ao sucesso da criança e se a escola se encaixar bem na vida da família, é uma opção válida. Esta escolha deve ser acompanhada, como também deve ser acompanhada a adaptação à escola regular.

Uma criança pode enfrentar dificuldades numa escola bilíngue e isso pode ou não estar relacionado com a metodologia de ensino. 

———————————-

Texto por Núcleo da Família – Clínica de Psicologia http://www.nucleodafamilia.com.br / Telefone: (11) 4872-2935 / e-mail: contato@nucleodafamilia.com.br / Endereço: Avenida Rouxinol, 60 – conjuntos 708/710 – Moema – São Paulo – SP / Horário de Atendimento: Segunda a Sexta das 7 às 21h